Como o consumidor encontra APPs Blog Maior
10/11/2017

Como o consumidor encontra APPs

Escrito por:
Como o consumidor encontra APPs

Desde o lançamento dos sistemas operacionais Android e IOS, o mercado de aplicativos tomou uma nova proporção. E com o tempo, o poder dos processadores de tablets e smatphones só aumentou, assim como a tecnologia para o lançamento e a criação dos mais variados tipos de app. Todos os dias, milhares de pessoas baixam aplicativos em seus aparelhos, e estamos cada dia mais conectados e envolvidos por eles. É possível que, antes mesmo de levantar da cama, você já acesse algum, seja para ver a precisão do tempo, descobrir o melhor caminho para aquela reunião ou mesmo para se comunicar com alguém. Os aplicativos já se tornaram parte até das menores coisas do nosso dia a dia. Segundo pesquisa da Nielsen, gastamos cerca de 30 horas por mês conectados, decidindo como, onde e o que fazer.

Com tudo isso, os app podem ser uma maneira fantástica de empresas se relacionarem com o seus clientes, complementando experiências on e offline. Importantes tanto para os consumidores, que podem ter nos app a possibilidade de consultar informações, tirar dúvidas ou mesmo se divertir, quanto para as empresas que podem fortalecer sua imagem junto ao seu público, fazendo propagandas, oferecendo descontos e promoções, tanto para lojas físicas quanto para e-commerces.

Mas com toda essa variedade de opções que crescem exponencialmente a cada dia, é muito importante entender como o usuário procura e decide qual aplicativo ele vai baixar. Visando responder essa questão o Google, juntamente com Ipsos Media CT, realizou uma pesquisa com 8.470 usuários de app.

Vejamos o que o resultado dessa pesquisa revelou sobre como fazer um aplicativo que realmente será utilizado pelas pessoas.

A descoberta do APP não acontece só nas lojas de aplicativo

É comum pensarmos que as pessoas quando decidem baixar algum aplicativo, vão até a loja pesquisar por um que se adeque as suas necessidades. E isso não deixa de ser verdade. Mas, apesar de ser uma fonte importantíssima para a descoberta de apps, ela não é a única. Na verdade apenas 40% dos usuários pesquisam por aplicativos dessa forma. As pessoas descobrem novos aplicativos assistindo a vídeos no youtube, navegando em sites, utilizando outros aplicativos e, principalmente, 1 em 4 usuários, acha apps por meio de pesquisas no próprio Google. Uma pessoa pesquisa sobre deliverys abertos ás 22h em sua cidade e encontra um app que mostra todos os deliverys em funcionamento em tempo real perto dele, é muito provável que ele o baixe para ter informações mais rápidas sempre que desejar. Os seguimentos que mais geram downloads através de buscas são app de tecnologia (59%), de viagens (30%) e aplicativos que fornecem informações locais, como deliverys (26%)

Esteja presente em todos os lugares

Por esse motivo é fundamental lembrar que o marketing não pode estar restrito apenas as lojas de app. As pessoas que encontram apps em buscadores não estão procurando por eles, estão procurando por soluções para os seus problemas, e se você está posicionado ali, para resolvê-los, você tem enormes chances de ir parar na memória do celular delas.

Dê uma utilidade ao seu aplicativo

Além de entender porque ele baixa, é fundamental ainda entender o que faz com que o usuário o utilize, já que a pesquisa também mostrou que 1 em cada 4 apps instalados nunca são usados. As pessoas procuram por aplicativos que facilitem e ajudem em suas rotinas, e as chances de que elas realmente o utilizem são muito maiores se ele atender a um objetivo específico, se tiver uma real utilidade ao usuário. Ofereça vantagens a quem possui seu aplicativo instalado, coloque funções feitas exclusivamente, ou pelo menos de maneira bem mais ágil pelo aplicativo e as pessoas verão um motivo para mantê-lo.

Como reengajar seu usuário

Essa é fácil. Para reconquistar usuários que desinstalaram seu app, ofereça alguma vantagem a ele. 30% dos pesquisados disseram que voltariam a baixar um app se ele oferecesse desconto numa compra e 25% declararam que voltariam se recebessem algum tipo de material exclusivo. Esse método é particularmente eficaz para os setores de viagens e compras, onde mais de 40% dos usuários responderam que instalariam o app novamente caso ganhassem um cupom de desconto. Faça seu cliente se lembrar das vantagens de ter e usar seu aplicativo.

E para finalizar, deixe claro o objetivo do seu app

No meio de tantos aplicativos disponíveis no mercado, é fundamental, e desafiador, chamar a atenção do seu usuário de maneira eficaz. Para chegar a esse objetivo é imprescindível que você deixe claro, desde o primeiro momento, para que serve e o que promete o seu app, mesmo depois que ele foi instalado. Sem ter utilidade, é enorme a possibilidade de que seu aplicativo vá parar no lixo.