Muito além do boca-a-boca: Marketing digital para área de saúde Blog Maior
19/01/2018

Muito além do boca-a-boca: Marketing digital para área de saúde

Escrito por:
Muito além do boca-a-boca: Marketing digital para área de saúde

Muitas pessoas relacionadas a área de saúde costumam enxergar o boca-a-boca como única forma de marketing. Não podiam estar mais enganadas. Claro que a tão sonhada boa indicação por parte dos clientes satisfeitos continua sendo uma das formas mais eficazes que ganhar novos pacientes, mas hoje temos um mundo a ser explorado como divulgação e estratégia: a internet.

Como já falamos anteriormente na série, o consumidor de hoje está cada vez mais antenado e exigente do que em tempos passados. E, ponto positivo, estão mais preocupadas com a saúde também. Por esse motivo, o Google virou a opção número um quando algum sintoma aparece, é o famoso Dr Google. As pessoas procuram tanto diagnósticos para suas queixas, quanta avaliações de profissionais e ainda, bons conteúdos sobre o que lhes interessa. Isso abre uma oportunidade de ouro para a conquista de novos clientes.

Conheça as vantagens do marketing digital para médicos

O primeiro deles é se aproximar de quem já é seu cliente. Ao oferecer conteúdo online a quem já te conhece, você reforça sua imagem de autoridade no assunto. O paciente vê que você sabe muito sobre muito mais do que só o que ele escuta na sua consulta. Isso garante que sempre que precisar, vai lembrar de você e voltar. E quem é que não indica um médico em quem confie?

Outro ponto positivo é ajudar as pessoas. Colocando conteúdo de qualidade sobre saúde na internet, você com certeza vai estar ajudando a milhares e internautas que buscam por informações todos os dias. Ajude esclarecendo dúvidas, informando como funcionam sintomas, dicas de como evitar.

E por último, e não menos importante, ter uma imagem interessante na internet, com informações relevantes, além de ganhar novos clientes, pode ainda abrir novas oportunidades profissionais relacionadas a autoridade no ramo. Já imaginou receber do Youtube por um canal sobre a sua especialidade?

Veja 5 estratégias que funcionam muito bem

1) Use o marketing de conteúdo:

O marketing de conteúdo é a bola da vez. Para o seguimento de saúde, ainda mais. Com um bom texto e informações relevantes, você consegue prender a atenção do seu público, ajuda-lo e esclarece-lo e ainda fidelizar esse paciente. Outro atrativo desse tipo de marketing é custo baixa de investimento com alto retorno.

2) Envie e-mail marketing

O EMKT é a melhor ferramenta para manter contato com quem já demonstrou interesse pelo que você oferece, ele já te autorizou a mandar mais e a chegar na caixa de e-mails que ele abre todos os dias. Com isso você ajuda seu cliente de forma ainda mais eficaz, uma vez que é possível segmentar melhor o publico de acordo com seus interesses.

3) Desenvolva uma boa identidade visual

A identidade visual diz muito sobre o seu negócio. Médicos, clinicas e hospitais devem passar leveza, sobriedade e segurança. Ter uma identidade visual clara, fácil de entender e bem desenhada e o primeiro passo para causar a boa impressão. E lembre-se: é bom que ela seja a mesma em todos os lugares, do receituário ao facebook.

4) Tenha um canal no Youtube

Vídeos são campeões em geram empatia e credibilidade com as pessoas. Elas não veem só o que está sendo dito, mas também quem está falando e como está falando. Os vídeos podem ser para tirar dúvidas, explicar sintomas e doenças, das dicas de prevenção e cuidado com a saúde.  

5) Esteja presente nas redes sociais.

O facebook é a rede social mais indicada, por permitir legendas com bom tamanho e ser um espaço mais aberto a esse tipo de conteúdo. Lembre-se de criar uma fã page e não usar a pessoal para passar mais credibilidade. As outras redes como twitter, instagram e até o linkedin também podem gerar bons resultado com estratégias especificas para eles.

Mas atenção!

O marketing para a área de saúde necessita de muita atenção. Existem várias restrições impostas pela CRMF que afetam diretamente as estratégias utilizadas. É proibido:

- Propaganda baseada em aparelhagem como ponto para um melhor atendimento;

- Fotos de pacientes, o famoso antes e depois;

- Divulgar publicamente informações que alarmem a sociedade;

- Consultar, diagnosticar ou prescrever a distância;

- Divulgar preços, modalidade de pagamento ou descontos como forma de diferencial.

E por último, busque ajuda profissional. Fazer tudo sozinho é trabalhoso e ocuparia um bom espaço na agenda diária. Assim como você dedicou anos aprendendo medicina, algumas pessoas se dedicaram a aprender sobre marketing e as estratégias que podem dar mais resultados.