Marketing digital para indústrias Blog Maior
23/02/2018

Marketing digital para indústrias

Escrito por:
Marketing digital para indústrias

No Brasil, apesar de grande, o setor industrial conta com muitas barreiras para o seu desenvolvimento. Grandes cargas de tributações, encargos trabalhistas, altos custos de energia e logística bem longe da ideal, são alguns dos desafios que precisam ser superados dia a dia. Por esse motivo, estão sempre à procura de meios para crescer, aumentar vendas, melhorar sua imagem e se reinventar como um todo. E para isso o marketing digital pode ser uma ótima opção.

Como a maioria das indústrias trabalham em modelo B2B, ou seja, vendem para fornecedores e não para o consumidor final, merecem um tipo de atenção especial na hora do planejamento de marketing. O ciclo de vendas é muito mais complexo, por conta dos altos valores e da grande importância da presença na hora de assinar contratos. O Marketing Digital aparece para esse mercado para gerar credibilidade e visibilidade à marca, criar confiança e melhorar o relacionamento com seus clientes, além de trazer um ótimo custo x benefício para a divulgação e venda de seus produtos.

Veja abaixo os três principais pontos a serem considerados numa estratégia de marketing digital para indústrias:

      1. Site:

- Invista em um bom site e o mantenha atualizado

Principalmente para empresas B2B, ter um site com informações completas, agradável, com a cara da empresa e que passe credibilidade, é indispensável. Muitas negociações começam com uma busca no Google. Além de todas as suas campanhas, sejam on ou off-line, direcionarem o seu cliente para o seu site, fornecedores pesquisam sobre as empresas das quais desejam comprar. Ter páginas explicativas sobre o que é comercializado, com descrições, fichas técnicas, utilizações, e conteúdo mostrando autoridade no assunto, podem ser o grande diferencial.

- Técnicas de SEO também merecem muita atenção.

Agora mesmo pode ter um fornecedor interessado na sua empresa pesquisando por você. Talvez ele não saiba da sua existência, mas sabe dos serviços e produtos que deseja encontrar. Estar bem posicionado nos sites de buscas é essencial para ser descoberto pelo seu cliente. Use palavras-chaves, faça campanhas em mídias pagas, desenhe bem a sua estratégia de SEO e esteja à vista de quem precisa te encontrar.

      2. Conteúdo: 

- Gere conteúdo de qualidade

Todos os tipos de venda são beneficiados com a geração de conteúdo relevante para o seu público, sobretudo produtos e serviços com o ciclo de vendas extenso. Com blog posts, e-mails marketing, e-books e webinars, é possível educar seu consumidor sobre a solução que você oferece. Mostre como o seu produto funciona, para que serve, como pode resolver problemas do seu cliente, para os quais ele não sabia que havia solução, ou nem mesmo que existiam.

- Diminua custo e tempo dos seus vendedores

Um bom conteúdo é excelente para quebrar a barreira comercial e já começar o processo de vendas sem que seja necessário a presença de um vendedor junto ao seu cliente. Com o acompanhamento de métricas do marketing de conteúdo é possível saber quem já tem conhecimento suficiente sobre o que você oferece para estar em ponto de compra, e aí sim, disponibilizar uma pessoa para entrar em contato direto com ele.

      3. Relacionamento:

- Redes sociais

Embora as redes sócias não sejam o centro da estratégia digital para negócios B2B elas são de extrema relevância para o relacionamento com o seu cliente. Postagem em redes como Linkedin, Twitter e até mesmo o Facebook vão te deixar mais próximo e acessível ao seu cliente. Utilize esses meios para tirar dúvidas, mostrar a “personalidade” da empresa e a disponibilidade para interação com o seu público.

- Pós-venda

Como as vendas no setor de indústria envolvem muita confiança e credibilidade, o pós-venda é essencial para as finanças. Clientes satisfeitos voltam a fazer negócios com você e ainda indicam sua empresa para outras pessoas, divulgando sua marca espontaneamente. Esteja sempre disponível para eles. Ofereça conteúdos personalizados sobre o seguimento e os interesses deles, depois de uma venda fechada você tem conhecimento suficiente para oferecer esse tipo de contato.

Uma boa estratégia pode trazer resultados importantes em relação a receita e ao posicionamento de marca para o setor industrial, contrariando o senso comum de que o marketing digital funciona apenas para quem conversa com o seu cliente final. Outra estratégia muito importante para empresas B2B, é aliar o Business Inteligence a estratégia de marketing como falamos em “Business Inteligence e Marketing digital: união de resultados”.