ERP e marketing no mercado de indústria: O que eles podem fazer juntos? Blog Maior
18/12/2018

ERP e marketing no mercado de indústria: O que eles podem fazer juntos?

Escrito por:
ERP e marketing no mercado de indústria: O que eles podem fazer juntos?

Se você possui uma fábrica, já precisou pensar em adquirir uma ferramenta de ERP. E se ainda não pensou, com certeza vai precisar mais em breve do que imagina. Do termo inglês Enterprise Resouce Planning, o ERP, significa planejamento de recursos empresarial.  São softwares que tem como objetivo principal organizar, de forma simples e responsável, todas as ações e dados da empresa, munindo de informações em tempo real e dando mais poder de gestão e decisão para diretores e gerentes.

De forma prática, o ERP funciona como um centro de comando reunindo todos os dados que circulam na empresa. Informações dos mais variados setores como o departamento contábil, estatísticas de vendas, setor produtivo, planos de negócios, dados de atendimento ao cliente, entre outros.

E por esse motivo são sempre ligados a ideia de melhorias nos setores administrativos e financeiros da empresa, mas todos as áreas podem ser beneficiadas com a obtenção e organização desses dados, até o marketing!

- Perfil do seu cliente

Com a possibilidade de obter dados referentes aos seus clientes e filtra-los com informações que são relevantes para sua estratégia de venda, tomar decisões e atingir de forma certeira o seu cliente se torna muito mais fácil. Dados como sexo, idade, informações demográficas, profissão, são informações base para a criação de campanhas direcionadas. Sabendo mais sobre quem compra com você é possível traçar o perfil do seu cliente. E essa informação é a base de qualquer campanha de sucesso.

- Relacionamento

As informações de perfil além de contribuir para uma melhor estratégia de propaganda em si, também tem muito a oferecer ao relacionamento com o seu cliente. Por exemplo, com informações como a data da última compra realizada por cada cliente dentro da sua fábrica, e intervalo em que geralmente ele adquire um novo produto, você pode entrar em contato por e-mails ou mensagens oferecendo novos artigos.

Outro ponto é a possibilidade de estar sempre presente. Cliente gosta de ser lembrado. Ter acesso fácil a datas como data de aniversário, de um cliente ou de sua indústria, e enviar um agrado, como um e-mail com um desconto em compras no mês, podem fazer toda a diferença.

- Aumento de vendas

A utilização de um ERP pode deixar muito mais fácil o acompanhamento de propostas e orçamentos que não foram fechados ou respondidos dentro da sua empresa. Analisar e compartilhar com a equipe de venda dados e o histórico de cada lead com certeza vai facilitar o caminho das vendas.

O controle do estoque é outro ponto que pode favorecer, e muito, o volume de vendas da sua fábrica. Informações sobre quais produtos saem mais e sazonalidades de vendas e podem ser diretrizes valiosas na hora de montar um cronograma de produção e decidir o que e como divulgar em suas campanhas. 

- Relatórios de eficiência

É necessidade primária de qualquer empresa e função básica de um bom ERP a geração de relatórios completos com informações-chaves para avaliar a função financeira. Gastos, contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, entre outros. Essas informações também facilitam mensurar o Retorno sobre investimento (ROI) das estratégias de marketing e definir quais estão funcionando como deveriam e quais precisam ser repensadas ou mesmo deixadas de lado. Esses dados trazem segurança na definição dos investimentos e possibilitam tomadas de decisão mais precisas.

Ainda não tem um sistema de ERP? Existem várias opções no mercado, voltadas a atender os mais variados tipos de negócios e empresas. Faça uma pesquisa, peça opinião de pessoas que entendam desses processos e descubra qual se encaixa melhor para a sua realidade. Não se esqueça de aproveitar todas as facilidades que ele vai trazer para a sua indústria.

Confira também os conceitos de marketing que todo gestor do mercado de serviços precisa saber